domingo, 10 de agosto de 2008

O dia perfeito parte II


Como bom conhecedor de São Paulo que é, Clayton marca comigo no Parque Dom Pedro I. Não sei por que cargas d'água chamam aquele buraco de parque.
_Clayton, você sabe chegar até a Paulista?
_De carro, não!

OK! Fui pro lugar, Clayton já havia me avisado que iria se atrasar um pouco. Estava com meu recém adquirido guarda-chuva. Pensei "vou segurar como se fosse Napoleão com sua espada, chegou neguinho eu desço a lenha". Primeiro cara que chegou, eu quase me cago e corro pra enfiar o celular na cueca. O que é a coragem, não é minha gente?
Clayton não se atrasou tanto. Ainda bem.

_Charlie, você me orienta. Eu não conheço isso aqui.
_Eu vou sinalizar com a mão, não sei o que é direita e esquerda!

Primeira bifurcação eu consegui orientar o Clayton a parar exatamente no meio, onde não dava pra ir a canto algum... Continuamos fomos bem até a Dr. Arnaldo.Pensamos em parar perto daquelas banquinhas de flores perto do cemitério do Araçá, pois tínhamos esquecido do vinho, levaríamos rosas. Avisão de duas coroas de flores com dizeres de saudade nos fez mudar de idéia.Continuamos na Dr. Arnaldo, quando uma parte dela sobe e uma parte desce. Clayton, mostrando toda sua habilidade, sobe!
_Eita, aqui nesse trecho é contra-mão!
_Faz assim Clayton, vai voltando de ré beeeem devagar que é assim que a Taíse faz.
Nem me passou pela cabeça que Taíse é a pessoa mais confusa que eu conheço. Clayton usou o cérebro e fez a volta na rua mesmo.
Ligamos pra Lelê, que nos orientou e 5 minutos depois estávamos lá...
Não tenho como descrever a noite, que foi ótima. Aninha, estava lá e amou o retrato que eu fiz dela. Maurício e Ricardo, super espirituosos... Acho q os héteros mais legais que já conheci. Chiara, a filhinha de Lelê é um capítulo à parte, inteligente, simpaticíssima, tem umas tiradas ótimas e é a cara da mãe...
Meu DDA me impede de lembrar o nome de todos, mas me lembro do Prozac, o cachorrinho fofo que ficava perto de mim toda hora, fiz muito carinho nele.
E Lelê, bem... Sou suspeito pra falar. É ótima, sempre. uma pessoa que amo cada dia mais e só ela sabe o quanto ela significa pra mim.
Ah, ganhei uma camiseta e um livro dela com dedicatória... Lendo e adorando...

Clayton, obrigado pela carona, e por me mostrar como você é... Queria que todo mundo pudesse te conhecer de perto que nem a gente conhece!

5 comentários:

ravel disse...

quero vinho.

e eu tenho medo de vc.

prontofalei.

Bill. disse...

adoooooooro
ai invejinha por aqui não tenho saído muito ou melhor quase nada mas tudo bem uhsuahsuahsuah.

Lele Siedschlag disse...

ai que coisa mais linda... agora que conheci teu blog nunca mais saio daqui.

querido!!!

Ana paula disse...

pois é... agora eu tb aprendi o cminho do seu blog.
foi uma noite ótima mesmo, né?
adorei vcs lá, adorei o desenho, adorei as risadas, adorei tudo!
:)

Clayton disse...

meu sério... NÃO quero q o mundo me conheça como eu sou. gosto de ter identidade multipla.

mas obrigado =)