quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Sobre as escolhas...

Como eu já disse aqui, em julho eu sempre ia pro Rio de Janeiro passar as férias com minha mãe. Era a única época do ano em que eu passava mais que dois dias do lado dela. Minha mãe trabalhava pra uma jornalista que eu amava, D. Ana, que tinha duas filhas incríveis, Débora e Cynthia, com quem hoje mantenho contato através do Orkut. Mas enfim, vamos à história.

Nos fins de semana a gente semre saía pra passear, e eu me lembro que adorava comer aquelas bolachas japonesas, sembei, e eu fingia que estava tomando a comunhão (era um dos meus sonhos). Um dia, minha mãe me levou na dasa da D. Julieta, que era vó das meninas. Não sei porque, mas naquela época as pessoas mais velhas sempre davam dinheiro pras crianças, não necessariamente só as avós. Um sorrisinho bem dado, um beijinho na bochecha rendia uns trocados pra comprar um sorvete. Nesse dia em que fomos em sua casa, D. Julieta em um surto de generosidade me deu uma quantia em dinheiro que até aquele dia eu só tinha visto na mão dos outros, e disse:

_ Vai comprar um presentinho pra você!

Agradeci, e minha boca se abriu em um sorriso de orelha a orelha.
Saí com minha mãe, andamos a tarde inteira e encontrei nas Lojas Americanas o que eu tanto queria! Havia muitas opções, de Playmobils a Comandos em Ação, mas eu havia encontraro o meu presente perfeito! Sobrou dinheiro ainda pra um lanche no Bob's e um milkshake!
Chegamos em casa. Fui correndo agradecer D. julieta e mostrar os presentes que eu tinha comprado, com cara de orgulho. Mas meu sorriso murchou com a cara de decepção que ela fez, quando viu o que o menino de 8 anos trazia nas mãos.

_ Dois discos da Xuxa? Você comprou dois discos da Xuxa?

A cara dela denunciava algo que anos mais tarde eu entenderia, e seria mais ou mesmo a mesma cara que minha mãe faria quando eu contasse pra ela, dali a alguns anos que, eu gostava de meninos.

12 comentários:

AleX nObre ® disse...

Nossa! Nunca tive um disco sequer quando criança ;/ Tinha um K7 da Xuxa :P ... Colocava ele e dançava todas as músicas e minha mã assistia com orgulho [rs]
Tipo que até hoje minha mãe quer que eu me case com uma grande amiga que tenho.Ainda não "revelei" a verdade a ela.

Será isso o que me falta? Me sentiria mais leve depois disso? Ai ... Nem sei. Quando contei pra minha irmã eu lembro que soluçava de tanto chorar, porque eu sou muito próximo a ela, dormimos no mesmo quarto até hoje e eu temia que ela me visse de outra maneira depois de ter a MINHA confirmação.

Então ... É isso :]
Vou parar se não crio um post (ou já criei, né?) :P

Lorena Pôssa disse...

Vc já pensou em escrever um livro???
Devia. Ia ser um ótimo livro de contos!

Vida* disse...

Amei...eu tinha varios...LPs da Xuxa...mas a cara de decepção de D Julieta com certeza foi a cara q minha mãe fez quando eu disse q era apaixonada por uma cara q ama meninos..Sou Tarada por eles...
Adoro vc Charlie!

Fravea disse...

por isso a d. julieta num te deu mais nem moeda depois disso..
kkkkkkkkk

João V!ctor disse...

mais tarde a paixão de Charlie por Xuxa Meneguel seria direcionada ao uso compulsivo de monange...


brinks, rs


eu sempre decepcionava todo mundo com minhas escolhas pra presente..uhahuahu, mas mamys dava um jeito de fazer todas as minhas vontades cabíveis xD

Marcel disse...

Ahhh, eu adorava os discos da Xuxa... mas eu tinha desculpa pq tinha irmã né! E eu podia dançar horrores tbm pq a gente dançava junto!
E vc devia ter dito pra sua tal mulher: "poxa, eu comprei por causa do Dengue que é muito macho!"
hohohoho

_ Dih Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
_ Dih Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
_ Dih Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
_ Dih Rodrigues disse...

HUAhua
Imagino a expressão da vovózinha. =D

Passei por algo semelhante, porém, quem sofreu as consequências foi D. Maria, minha mãe:
Numa certa reunião de família - "espetáculo" que sempre ocorria na minha infância - um de meus tios me preguntara qual jogador eu gostaria de ser. (Jogador de futebol.) Eu, uma criança - inocente - disse que não queria ser jogador nenhum, que quando eu crescesse gostaria de ser igual a Madonna.

Coitada de D. Maria. =/

Anônimo disse...

ineffective midwifery felt euros mutation developthe dashes econometrica sciencea gokyk milestone
semelokertes marchimundui

Anônimo disse...

Charlie adorei saber que vc amava minha mãe e que eu e minha irmã fomos importantes na sua vida. Vc não faz idéia do carinho que tenho por vc; pela sua mãe e por nossa história juntos!! bj no coração