sábado, 12 de dezembro de 2009

E eu voltei no curso, revi o meu percurso...



Pois é, quem diria que eu voltaria a morar de novo aqui tão cedo. Sempre imaginei que fosse morrer aqui, mas nunca sequer imaginei estar aqui agora. Tá certo que é algo temporário. Espero que sejam meses, um ano no máximo.
Foi uma decisão difícil, mas tomada em tempo recorde. Em uma semana apareceu a oportunidade de fazer algo diferente na minha vida tendo que, ao mesmo tempo largar tudo o que tinha conquistado nesses quase 14 anos fora. Mas decidi e assim foi feito. Estou bem grandinho pra ter medo de mudanças. Larguei emprego, casa e, o mais difícil de tudo, larguei amigos.
Minha volta não foi nada como a volta de Tieta do Agreste. Não trouxe a luz para a cidade, porque sempre teve. Também não cheguei num carro vermelho com Fafá de Belém cantando Coração do Agreste ao fundo. Mas a cada passo que dava eu podia sentir minhas memórias, boas e más, me invadindo.
Não é a coisa mais agradável do mundo entrar em contato com o passado, ainda mais quando ele traz marcas que ainda são recentes. Mas os fins justificam os meios, e foi pra isso que eu vim, vim com um objetivo, e não há nada que vai me desviar a atenção dele, não agora...




6 comentários:

Ciça disse...

meu amigo, torço sempre por vc!!!

Fernando disse...

no rancho fundo.. bem pra lá do fim do mundo..

Frávia disse...

eu te emprestaria uma canga prá vc soltar no vento, assim como tieta. heheheh

Clayton disse...

Para de ter medo de perder essa pessoa então. Aproveita todo o tempo que você tem com ela. Não precisa de "bença mãe" com nó na garganta quando você pode dizer "mãe, eu te amo" enquanto ela está aqui pra te ouvir. =)

Anônimo disse...

Ei,meinino bonito,que textos encantadores.
Sou leitora de blogs ha anos e ha tempos nao me emocionava.
Blogs virararam agências de pessoas,propaganda,amigos
,turminhas ridículas comandadas por gente nem sempre tao legal quanto parece.
Mas ler sentimentos outra vez depois da blogosfera faz-me sentir que ha, sim, esperanca.

Beijos para vc.

Saúde para suportar a barra.

Marcel disse...

Ei menino bonito... hohoho
(não é a mamãe!!! não é a mamãe!!!)
Quero vc de volta aqui!
Bjuuuuu
P.s - Flavia quem correu com a canga foi a Tonha e não a Dieta! Gracias!