quarta-feira, 16 de março de 2011

Adeus, pequeno Rei

Hoje eu perdi um pouco o chão quando sou be que meu ex-aluno, que devia estar com uns 14 anos, resolveu nos deixar.
O mundo perde hoje um menino inteligentíssimo que era ótimo karateca, que adorava aprender e que achava bonito fazer mágicas. Que gostava de brincar e tinha nos olhos a inocência que hoje em dia é tão rara nas crianças. Não tenho palavras pra descrever o quanto essa criaturinha me marcou. O quanto ele e os outros meninos da sua turminha me marcaram e me fizeram ver que o que eu queria, de verdade, era ser professor.
Obrigado, Arturzinho. Que tenha aprendido na mesma poporção que me ensinou... Que ensine aos anjos o que é ser doce...
Sempre vou ouvir sua risada ao imitar o meu sotaque fajuto, chamando-o de "King Arthur!"

4 comentários:

iaiá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bete disse...

só pra dizer que chorei e te deixar um abraço.

Anônimo disse...

vc é professor de q?

Charlie Liu disse...

sou professor de inglês