quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Sobre o meu filho


Foi no começo de janeiro deste ano. Era meio tarde, estava conversando com ele no chat do facebook e eis que rolou um papo mais ou menos assim:
_Menino, como você é querido! Vou adotar você!
_Vou falar com minha mãe se posso te chamar de pai!
Foi um susto. Uma coisa que, nos dias de hoje, com tanta gente com maldade na cabeça, não era pra ser levada a sério. Mas ele veio depois e disse pra mim:
_Minha mãe deixou eu te chamar de pai. 
Fiquei com medo de mexer com a cabeça do menino. Sim, porque, apesar dos seus então 13 anos, Geovanni é um menino, uma criança. Mas fui vendo que esse menino ainda possuía algo que não é comum encontrar nos dias de hoje. Ele tinha inocência no olhar, bondade, educação, carinho. Quem o vê junto com a mãe só sabe pensar uma coisa: de onde vem tanto amor? Conversei com ele, com a mãe, Suely, com alguns amigos e decidi levar isso adiante. Não sei porque alguém iria querer um pai como eu, que estou muito longe de ser exemplo pra alguém. Mas vi nos olhos dele a vontade de dividir o amor que ele tinha dentro de si com mais alguém. A mãe, por conhecer o filho me acolheu como se eu fosse, de fato, da família. Assim eu virei pai. Não pago contas, não dou bronca, não ajudo nos deveres da escola. Mas dou todo o meu amor, levo pra passear, faço coisas que eu gostaria que meu pai, que sequer quis me conhecer, fizesse por mim. 
Hoje, não sei mais viver sem esse meu filho, sem essa família que de certa forma me acolheu e me trata como sendo parte dela. Um dia ele vai crescer e tudo isso pode acabar. Quando a gente cresce, o coração da gente meio que vai perdendo o espaço reservado a essas coisas lúdicas. Mas ele sempre vai ser, aqui dentro do meu peito, o meu filho, que me escolheu e gosta de mim como eu sou, que me chama de pai no meio da rua, sem ter vergonha.
Amo muito você, Gê.


6 comentários:

Anônimo disse...

Nossa! me emocionei com todas as suas palavras de carinho... fiquei sabendo de sua historia por vc msm e fico mais feliz ainda em saber que vcs são realmente pai e filho! parabens p vcs dois!!! beijinhos! Maiza Carvalho

Alef Moraes disse...

Que lindo, Comovente!

WLanz disse...

comovente! Parabéns. Lindos!

mawara disse...

ai que lindo! sério, que fofo! espero mesmo que ele cresça e q mesmo q as coisas mudem, o carinho de vcs persista! =D

daniela disse...

um garoto maravilhoso, inteligente, sensacional mesmo. um beijo pro meu aluno querido e pra esse cara, esse amigo mais que admirável... luv.

Raquel Bopp disse...

Que lindo!